Vigorexia – Causas, consequências e Tratamento

Saiba quando a busca por um corpo perfeito vira doença.

25/03/2013 | por | em Bem Estar, Saúde | 3,326 visualizações
Vigorexia

A vigorexia é considerada um distúrbio psicológico ou transtorno dismórfico (quando uma pessoa imagina e acredita que possui um defeito no corpo que, na realidade, não existe), que tem como resultado a prática excessiva e obsessiva de exercícios físicos na busca por aumentar o volume muscular do corpo.

Compara-se à anorexia nervosa porque os portadores de vigorexia desenvolvem uma visão distorcida do próprio corpo: por mais que malhem e desenvolvam seus músculos, ao se olharem no espelho, continuam se enxergando franzinos. Porém, ao contrário da anorexia, os vigoréxicos fazem de tudo para ganhar peso revertido em massa muscular após horas e mais horas de malhação pesada.

A vigorexia ocorre com maior frequência em homens entre 18 e 35 anos, mas também acomete mulheres.

Causas da Vigorexia

Causas da Vigorexia

Embora a vigorexia seja uma doença que ainda está sendo estudada pela ciência, alguns aspectos são apontados como causas possíveis para que uma pessoa permita que a preocupação com o corpo torne-se desmedida. São elas:

  • Pressão da mídia atual pela exibição de um corpo perfeito
  • Características pessoais de perfeccionismo
  • Insegurança excessiva
  • Baixa auto-estima

Também considera-se a possibilidade de vício nas substâncias prazerosas, como a endorfina,  produzidas pelo cérebro durante a prática de exercícios físicos.

Diagnóstico da Vigorexia

Fisiculturista

A ciência ainda não determinou critérios específicos que classifiquem um quadro de vigorexia. Nem sempre a malhação metódica está relacionada ao distúrbio.

Em geral, os médicos assumem que a doença é caracterizada pela compulsividade do indivíduo em seguir dietas rígidas e praticar exercícios de maneira que fique evidente a imagem distorcida que o paciente tem de seu corpo. Tal distorção e compulsividade culminam em doenças físicas e psicológicas que acabam por ser classificadas como consequências da vigorexia.

Consequências da Vigorexia

Consequências da Vigorexia

As consequências da vigorexia estão relacionadas a:

  1. Sobrecarregamento do corpo com o exagero de exercícios físicos: consequências envolvem encurtamento de músculos e tendões, problemas nos ossos e articulações, fadiga e insônia.
  2. Prejuízos em sua conduta social: O indivíduo acaba trocando a socialização saudável pelo isolamento da prática de exercícios. Além disso também pode sofrer insônia e falta de apetite.
  3. Uso de anabolizantes e substâncias similares: as consequências, nesse caso, podem ser graves e irreversíveis e incluem:
  • Insuficiência renal e hepática
  • Doenças cardiovasculares
  • Problemas de circulação sanguínea
  • Atrofia dos testículos
  • Impotência sexual e infertilidade
  • Câncer

Tratamento da vigorexia

Tratamento da vigorexia

Assim como ocorre com os anoréxicos, os vigoréxicos não costumam perceber que possuem um problema, pois toda sua atenção volta-se para a busca do corpo perfeito que parecem nunca alcançar.

O tratamento mais recomendado por especialistas é multidisciplinar com acompanhamento psiquiátrico, terapêutico, nutricional e também de preparadores físicos.As terapias seguem o intuito de fazer o indivíduo aceitar-se melhor para eliminar a ansiedade e ter mais auto-confiança, seja com acompanhamento de especialistas, seja com a ajuda de remédios antidepressivos.

Acompanhe outras informações sobre vigorexia no vídeo a seguir:



Veja Também:
Deixe seu comentário sobre esta matéria. Participe!




Copyright © 2014 - Politica de Privacidade