Entenda o mercado de jogos eletrônicos

A indústria brasileira de jogos eletrônicos só perde para a indústria bélica e de automóveis e movimenta quase R$ 1 bilhão por ano.

28/02/2013 | por | em Diversão, Games | 227 visualizações
jogos

O comércio de jogos eletrônicos, caracterizado pela venda de consoles (microcomputador que executa videogames), hardwares e softwares, está crescendo. De acordo com dados da NPD Group, uma das maiores empresas americana que realiza pesquisa de mercado, a indústria de jogos eletrônicos cresceu mais de 400% em faturamento, de 1999 até 2009.

O mercado atualmente conta com dois tipos de jogadores, os denominados casuais e os que são chamadas de hardcore. Os primeiros buscam jogos mais leves e com pequenas histórias para se distraírem e tentar “escapar” dos problemas. Já os segundos procuram jogos mais longos, com temas mais violentos e pesados.

No Brasil, de acordo com uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos (Abragames), 42 empresas, concentradas no estado de São Paulo, produzem software para jogos eletrônicos. Essa pesquisa mostra que 43% da produção nacional de software para games são voltados para a exportação, enquanto quase 100% do hardware fabricado destinam-se ao mercado interno.

  • Hoplon Infotainment é uma empresa brasileira, fundada em 2000 e localizada em Florianópolis, Santa Catarina, que desenvolve jogos eletrônicos. Faz parte da Abragames e tem como função criar e publicar games online para diferentes tipos de jogadores.
    Conheça o site deles clicando aqui

    Assista o vídeo da revista Super Interessante sobre newsgames:



Veja Também:
Deixe seu comentário sobre esta matéria. Participe!




Copyright © 2014 - Politica de Privacidade