Cafeína na gravidez pode aumentar riscos do bebê nascer com baixo peso

Pesquisas sugerem que ingerir muita cafeína na gravidez pode aumentar as chances do bebê nascer com o peso abaixo no ideal

01/03/2013 | por | em Bem Estar, Saúde | 76 visualizações
Cafeína na gravidez pode aumentar riscos do bebê nascer com baixo peso

As pesquisas foram realizadas no Hospital da Universidade Sahlgrenska, na Suécia, a médica Verena Sengpiel, autora dos estudos informou que foram observados vários casos de grávidas que tinham o habito de consumir cafeína e assim que realizavam o parto o bebê estava com o peso abaixo do ideal.

A Organização Mundial de Saúde recomenda que o limite para o consumo de cafeínas entre as grávidas seja de 300 miligramas diários, o que seria equivalente a 3 xícaras de 240 miligramas. Essa medida foi considerada com o café um pouco mais fraco que é servido nos Estados Unidos, no Brasil o café é um pouco mais concentrado.

Outro estudo realizado pelo Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas afirmou que o consumo de até 200 miligramas diárias de café é o ideal para não aumentar e desencadear o risco de aborto e parto prematuro. Esse estudo realizado em 2010 foi contestado pela BMC Medicine e novos testes foram feitos com mais de 55.000 grávidas.

As novas pesquisas não comprovaram a ligação entre aborto e parto prematuro ao consumo de café e derivados, mas os novos testes apontaram o risco do bebê nascer com o peso abaixo do ideal devido ao consumo de cafeína.

Veja Também:
Deixe seu comentário sobre esta matéria. Participe!




Copyright © 2014 - Politica de Privacidade